Páginas

Natal dos Sonhos Loja Landry Móveis

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Buriti - Operação da Polícia Militar e Civil resulta na apreensão de 4 pessoas, armas, drogas e veículos em posse de criminosos


Uma operação conjunta das polícias Civil e Militar, denominada Volta Buriti, em alusão ao movimento popular que pede o fim da violência e a volta da paz na cidade, com apoio de policiais das cidades de Chapadinha, Brejo e Santa Quitéria, foi desencadeada na manhã desta quinta-feira (16), e acabou com a prisão de quatro pessoas envolvidas na onda de criminalidade que tem assolado o município de Buriti/MA e com a apreensão de 5 armas brancas, um revólver prateado calibre 32, 13 celulares, quatro motocicletas de uso  dos meliantes e drogas.
Francisco das Chagas Bastos dos Anjos, o “Barroso”, de 18 anos, Michael Bruno Santos da Silva, o “Mike”, de 19 anos, Antonio Wilson da Silva Sousa, o “Gegilin”, de 22 anos, e Carlos do Carmo Silva, o “Brinde”, de 20 anos, foram surpreendidos, quando ainda dormiam, com a chegada dos policiais e não reagiram a ação. Os quatro foram presos acusados de participação em assaltos e furtos ocorridos nos últimos anos na cidade de Buriti e em municípios vizinhos.
As últimas ações dos presos, que costumavam agir em revezamento de duplas, eram violentas e eles não se preocupavam mais nem em esconder os rostos. Certos da impunidade e de que as vítimas, amedrontadas, não registrariam as ocorrências, eles agiam livremente. Só que desta vez eles foram capturados e devem permanecer um bom tempo na cadeia.
 Com Gegilin a polícia encontrou a arma calibre 32, com numeração raspada, e que, de acordo com o delegado, teria sido utilizada em quase todos os assaltos do grupo. Com Mike foram apreendidas duas mochilas, contendo vários celulares que devem ter sido fruto de roubos efetuados por ele, e duas motos, uma Biz e uma Fan. Com Brinde a polícia encontrou várias pedras de crack. Já com Barroso, a polícia pegou várias armas brancas, celulares e duas motos, uma Yamaha e uma Pop.
"Gegilin"
"Barroso"
"Brinde"
"Myke"

Abaixo motos apreendidas:

Em conversa com o Correio Buritiense, o delegado Josemar Rocha afirmou existir uma“associação criminosa” atuando em Buriti/MA, e pediu que as pessoas que tenham sido vítimas dos indivíduos presos que compareçam à Delegacia para formalizar a denúncia para que eles sejam severamente punidos, no rigor da lei.
  A operação foi coordenada pelo delegado Josemar Rocha que cumpria determinações de prisão emitidas pelo novo juiz da Comarca de Buriti, Dr José Pereira Lima Filho.
O Delegado relatou ao Correio Buritiense que na operação teve o apoio da Prefeitura Municipal, de policiais civis das cidades de Brejo e Santa Quitéria, do 16°BPM/Chapadinha, do Poder Judiciário e do Ministério Público Estadual.  Ele contou ainda que a representação formulada contra os quatro presos foi assinada conjuntamente com a promotora de Justiça Dr. Herlane, de Brejo, que está respondendo pela Comarca de Buriti, para agilizar o pedido de prisão ao Juiz José Filho que, em menos de 24h, apreciou a representação e expediu os mandados de busca e prisão.
 Correio ouviu o delegado sobre a importância desta operação e ele disse que “hoje Buriti voltou a ter mais tranquilidade” e que “possivelmente, mais um assalto ou mesmo a morte de um cidadão foi evitada”.   “O crime não acabou em Buriti, mas a luta contra ele vai continuar e teremos mais paz. Esta operação foi mais um passo para que Buriti volte”, finalizou ele.
Delegado Josemar Rocha em instrução à equipe da operação.
Toda operação foi acompanhada com EXCLUSIVIDADE pelo Correio Buritiense.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção! Comentários abusivos, desrespeitosos e de baixo calão, serão deletados imediatamente, por isso nem tente!!