Páginas

Natal dos Sonhos Loja Landry Móveis

quinta-feira, 31 de março de 2016

SCFV do Bairro Aeroporto está engajado no combate ao Aedes Aegypit em Anapurus




A Prefeitura de Anapurus, por meio da Secretaria de Assistência Social e Cidadania e o Serviço de Convivência e de Fortalecimento de Vínculos do bairro Aeroporto realizou, nesta quinta (10), uma atividade com os grupos de 04 a 08 anos e 09 a 12 anos da manhã e da tarde que buscou conscientizar, formar multiplicadores, e mostrar algumas ações para acabar com os focos do mosquito Aedes Aegypti



As facilitadoras, Raissa Sousa e Magnólia Silva, explicaram a importância do combate ao mosquito transmissor daDengueChikungunya e do perigoso Zika Vírus




Para a prefeita municipal, Tina Monteles, diversas ações práticas e de conscientização para combater a proliferação do mosquito estão sendo realizadas juntamente com a população.  “Temos que mobilizar toda a sociedade para atuarem no combate ao Aedes aegypti e combater dia a dia os focos de larvas do inseto para diminuir as chances do surgimento de novos casos de doenças transmitidas pelo causador da dengue”, ressaltou a prefeita. 


“Assim como acontece com as lições sobre inclusão social, quebra de preconceitos e as demais informações sobre os Direitos Humanos que são repassadas, todos os dias, dentro da nossa unidade, continuamos formando multiplicadores de lições sociais, só que desta vez com a atenção à saúde. O que nós queremos é que esses jovens apliquem, dentro de casa, todos os cuidados repassados nas nossas oficinas e evitem a proliferação do Aedes”, disseCynthia Monteles, coordenadora do SCFV do bairro Aeroporto. 

FONTE: ASCOM

Saiba como se prevenir



Segundo o Ministério da Saúde, a transmissão das doenças pelo mosquito se intensifica no verão, tornando a prevenção ainda mais importante nesses meses. Pesquisas indicam que os grandes reservatórios de água limpa e parada, como caixas d´água, galões e tonéis, são criadouros ideais para a proliferação do mosquito, mas os pequenos recipientes também merecem atenção especial da população. Vasos de plantas, calhas entupidas, lixo a céu aberto, bandejas de ar-condicionado - todos são locais propícios à acumulação de água e ao aparecimento das larvas. Em condições ambientais favoráveis como essas, o desenvolvimento do mosquito leva em média cinco dias. Cada fêmea pode dar origem a 1.500 novos mosquitos.

Veja o que pode ser feito para combater os focos do mosquito:
  • Mantenha a caixa d´água, tanques e recipientes diversos bem tampados;
  • Lave semanalmente por dentro, com escova e sabão, os recipientes utilizados para armazenar água;
  • Não deixe água acumular na laje, varanda, etc;
  • Mantenha as calhas limpas, sem folhas ou galhos que possam impedir a passagem da água;
  • Coloque o lixo em sacos plásticos bem fechados e deixe fora do alcance de animais;
  • Vire as garrafas de boca para baixo pra não acumular água;
  • Pratos de plantas devem ser cheios de areia até a borda, ou lavados com escova semanalmente.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção! Comentários abusivos, desrespeitosos e de baixo calão, serão deletados imediatamente, por isso nem tente!!