Páginas

terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Idosa conhecida em Anapurus e Mata Roma se perde em São Bernardo e pede ajuda

Por Ravel Reis

Atualizado ás 23:45 

Uma senhora que a muito tempo se via como andarilha pelas ruas de Mata Roma e Anapurus, está no terminal rodoviário de São Bernardo perdida e procura por familiares.




A senhora apresenta ter em média 65 anos, e de acordo com informações ela é conhecida como Gelda, a mesma sempre andava em Anapurus ou em Mata Roma apenas com uma capanga na companhia de uma criança aparentemente de 10 anos de idade que hoje não à acompanha mais pois ainda segundo informações, casou-se e foi morar em Teresina.

Populares tiraram fotos da senhora que pede ajuda para encontrar seus familiares. A mesma não lembra dos nomes dos filhos ou de qualquer parente mais próximo.

Fica aí um apelo a quem conhece-la poder ajuda-la.

Acompanhe o Blog do Ravel Reis pelo Facebook ou entre em contato conosco através do WhatsApp (86) 9496-7828

21 comentários:

  1. Quando eu era pequena e morava no inteior com minha avo,elagostava de ir pracasada minha vo,passava dias por la tinha uma filha ja era grande,agora deve trinta anos mais n me lembro mais do nome dela,o nome dessa senhora eu me lembro q se chama gelsa.Ela n tem parentes,se tem

    mais nunca falau pra nos.

    ResponderExcluir
  2. Essa Senhora simpatica muitas vezes vem aqui em Buriti
    Primeira vez que a olheiras mais ou menos 25anos eu era garotinha de 10 11 anos mais ou menos ela tinha uma BB recém nascido uma menina muitas pessoas aqui a ajudará e até quis adotar a criAnça, passou pouco tempo pir aqui
    Quando retornou a criAnça ja estAva crescida de 10anos ou mais
    Por um curto período também
    Anos se passaram e ela retorna sem a filha dizendo que a mesma havia casado e ela não quis morar com a filha
    Ano passado no período de festejo de Santana em Julho ela esteve aqui sozinha com um jeito triste angelical mais sim muito simpática passou em minha porta la pelas 10:30h da noite e disse que estava com frio me pediu um lençol, perguntei se ela sentia fome se queria mais alguma coisa ela agradeceu e disse que já ia dormir
    Deus tchau Boa noite:-: Boa noite Deus abençoe vc"
    Dia seguinte no mesmo horário ela veio devolver o lençol então eu disse que era pra ela usar sempre que quiser
    Perguntei se queria entrar ela só agradeceu e saiu conversando sozinhA com seus pensamentos seus amigos imagináveis seu anjo da Guarda
    Depois desse dia nunca mais olhei essa senhora
    Pena não poder ajudar ela
    Rogo a Deus que cuide dela é que apareça algum familiar

    ResponderExcluir
  3. Ela gostava e passa semanas na casa da minha avó la no interior de Duque bacelar

    ResponderExcluir
  4. Ela gostava e passa semanas na casa da minha avó la no interior de Duque bacelar

    ResponderExcluir
  5. Ow Deus.
    Já olhei ela aqui em Chapadinha algumas vezes. E é de cortar coração. Vê ela sozinha sem ninguém. Como uma indigente. Certa vez eu estava voltando de viagem e ela estava sentado numa esquina. Altas horas da noite, sozinha. Em um frio terrível. Neste dia eu me senti hipotente. Ao que a mesma estava naquela situação e eu sem poder ajudar. Que Deus tenha piedade dela. Que a proteja. Que livre do mal. Porque neste mundo tem muita gente ruim, sem coração, sem alma, sem amor ao próximo.

    ResponderExcluir
  6. Ow Deus.
    Já olhei ela aqui em Chapadinha algumas vezes. E é de cortar coração. Vê ela sozinha sem ninguém. Como uma indigente. Certa vez eu estava voltando de viagem e ela estava sentado numa esquina. Altas horas da noite, sozinha. Em um frio terrível. Neste dia eu me senti hipotente. Ao que a mesma estava naquela situação e eu sem poder ajudar. Que Deus tenha piedade dela. Que a proteja. Que livre do mal. Porque neste mundo tem muita gente ruim, sem coração, sem alma, sem amor ao próximo.

    ResponderExcluir
  7. Ela sempre ia na casa da minha avó tbm em chapadinha, ela dizia que não lembrava de nada, de nome de ninguém... e que estava em busca da filha dela, mas não lembrava o nome da mesma. muito meiga, simpática e educada. espero que encontrem algum parente.

    ResponderExcluir
  8. Eu já vi essa senhora aqui em chapadinha, eu tava voltando do centro cerca de 11:00 e à avistei sentada numa calçada sozinha. Desde então ela não saiu da minha cabeça desde que à vi, eu fui em casa almoçar e voltei até ela com um prato de comida pois sem dúvidas elas estava com fome. Sentei e esperei ela terminar de comer e comecei à conversar com ela, ela me contou um pouco da sua vida "dizendo que morava em santa Quitéria que houve um incêndio na casa dela e ela perdeu tudo, desde então ela viaja pelas cidades próximas apé"
    sinto muito em não poder ajuda-lá, vou orar por ela, caso não encontre seus familiares que alguém ajude à coloca-la em uma casa de repouso.

    ResponderExcluir
  9. Já vi ela várias vezes aqui em Coelho Neto.

    ResponderExcluir
  10. Já vi ela várias vezes aqui em Coelho Neto.

    ResponderExcluir
  11. Ouw Deus a Gelda sempre vem aqui em Buriti...se eu pudesse eu cuidva dela pq dar tanta pena dela...sem familia,sem ksa ,sem ninguém...q Deus proteja ela e ache alguém q cuide dela e faça o q os parentes nunk fizeram...

    ResponderExcluir
  12. Ouw Deus a Gelda sempre vem aqui em Buriti...se eu pudesse eu cuidva dela pq dar tanta pena dela...sem familia,sem ksa ,sem ninguém...q Deus proteja ela e ache alguém q cuide dela e faça o q os parentes nunk fizeram...

    ResponderExcluir
  13. Quantas vezes ela ficou na minha casa hospedada ou na casa de familiares com sua filha. Sempre muito educada e hoje vive em total abandono. Fico muito triste quando a vejo assim. Maria Aparecida.

    ResponderExcluir
  14. Ela sempre passava na minha casa no interior municipio de Buriti em Laranjeiras, ela era muito amiga de minha bisavó lembro também da filha dela nome Rita . Que Deus proteja ela e que ela encontre logo sua familia ...Muito triste o que tá acontecendo ela tão sozinha agora nesse momento sem o apoio da familia

    ResponderExcluir
  15. Minha tia tah tentando entra em contato com a filha dela.
    A filha dela mora em Teresina

    ResponderExcluir
  16. Minha tia tah tentando entra em contato com a filha dela.
    A filha dela mora em Teresina

    ResponderExcluir
  17. Essa notícia contém algumas divergências. Todas as vezes que ela anda em São Bernardo (local onde resido) eu lhe ofereço comida e banho. Sempre em nossas conversas eu pergunto sobre sua família e ela sempre se nega em falar algo. Ela diz apenas que seu marido morreu e teve uma filha pela qual abandonou. Ela é uma boa senhora e diz que seu nome é MARIA DAS GRAÇAS, que por coincidência é o mesmo de minha avó. Talvez não seja, mas ela diz que é assim que se chama. Espero que com a repercussão da sua história algum de seus famíliamlres tenha compaixão e a ampare!

    ResponderExcluir
  18. Quando trabalhava em Mata Roma a vi por diversas vezes caminhando sozinha, hoje trabalho em São Bernardo e vez por outra a vejo pernoitando na Rodoviária de São Bernardo. Uma amiga foi deixar um lençol pois ela disse que estava com muito frio. Mas pelo que vi é habitual dela ficar vagando por essa região do Maranhão. Infelizmente parece que não há parentes interessados, essa é a verdade...

    ResponderExcluir
  19. sempre a vejo aqui em são Bernardo, ela gosta de fica na praça da igreja Matriz, sempre um amigo meu ajuda ela levando comida e agua.

    ResponderExcluir

Atenção! Comentários abusivos, desrespeitosos e de baixo calão, serão deletados imediatamente, por isso nem tente!!